A estrada da vida

Quando dirigimos não vemos toda a Estrada
Mas seguimos em frente, confiantes que ela continuará
Alguém ali passou, outrora, e fez um caminho
E por mais que não o vemos todo, sabemos que lá está
E tudo que nos resta é segui-lo.

Assim também é a nossa vida
Não podemos apreendê-la por completo, do início ao fim
Mas sabemos que temos um caminho a seguir
A cada respiração, é como a visão da estrada
Seguimos confiantes, que após expirar, seguirá o inspirar
Assegurando nossa existência

Na estrada da vida, escolhemos como trilhar
Pode ser uma viagem curta, ou longa
E cada um vai e volta sozinho
Encontramos muitas coisas no caminho
Ás vezes até pedras, as quais podemos usar para montar nosso castelo

Ás vezes nos perdemos, mas só quem está perdido é que pode se encontrar.
E quando sabemos que estamos na direção certa, estampamos um sorriso no rosto
Respiramos profundamente, sentindo cada momento único
Cada movimento vital do corpo, da vida.

caminhar1

E então descobrimos que não há lugar nenhum para chegar
Que a felicidade não é o destino, mas o modo de percorrê-lo
Que longe é um lugar que não existe
Que quando estamos na essência do nosso ser, temos tudo o que precisamos

Só existe o presente
O aqui-agora é o lugar mágico, aonde tudo acontece

E quando nossa jornada terminar, num último suspiro
Será a passagem para uma nova forma e dimensão
Mas o que realmente somos, estará para sempre…
Em nossa alma e coração.

estrada-2Bda-2Bvida

Gabriele Ribas, 2009

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário