Hoje escrevi…

Hoje escrevi…

Ontem escrevi… Mas já passou…
Amanhã escreverei… O que? Não sei!
Hoje escrevo…
Escrevo aqui e agora.
No presente, não estou mais ausente.
Escrevo tudo que me habita…

Escrevo encantos, amores e dores…
Escrevo para transformar o meu caos em ordem.
Escrevo para criar beleza, e co-criar, com a natureza.
Escrevo, simplesmente, para existir em palavras.
Escrever me anima e me destrava.
E assim, voo longe, sem tirar os pés do chão.
Visito o universo da imaginação.
E descubro, com alegria… Que nas pontas dos dedos, se esconde uma magia…
A escrita me visita, em lampejos de inspiração…
Às vezes grita, às vezes sussurra suave…
Escrita à flor da pele, transborda pelo papel.
Escrita da alma – acalma meus ‘ontens’ e meus amanhãs.
Escrevo hoje, para mim, para você, para nós!
Escrevo para não ficar tão só, e desatar alguns nós…
E de tanto escrever e reescrever… Reconheço, com gratidão:
Quem me guia é a alma, e quem escreve, é o coração!

Gabriele Ribas

2 comentários

  • Também amo escrever, minha paixão.

    • Que maravilha, Sula querida 🙂 Seja sempre bem vinda!!! Vamos escrever!!!

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário