Sereia Fada

 

Sereia Fada

A sereia virou fada

Pela luz foi renovada

Renasce com beleza

Em meio à natureza

 

Emerge a nova mulher

Profunda e elevada

Flui do mar ao ar

Feminina e transformada

 

Espírito de luz

Ao centro me conduz

Deixa transparecer

A alma do saber

 

Divina paz do silêncio

Abre um novo caminho

O brilho ondulante

Traz amor e carinho

 

A busca é descoberta

No encontro com o eu

Novas cores emergem

Do misterioso breu

 

A sereia virou fada

Que voa pelo mar

Da cauda às asas

Aprendeu a voar e amar.

 

Do profundo ao elevado

Ela emerge brilhante

Ela é deusa, sereia e fada

Pois é mulher encantada

 

Ela é bruxa, mãe e filha

É velha sábia e amiga

É passado e futuro

É presente para o mundo.

 

Ela anima a alma

Para viver com mais calma

Na profundeza do amor

Do amar, do mar, do ar...

 

Gabriele Ribas – 06/02/15

 

 

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário